quinta-feira, 13 de junho de 2013

Que bom que voce ainda existe apesar de tão longe
Amigos as vezes comentam que está muito bem
Está muito elegante os anos pra voce não contam
Amei só voce não consigo amar mais ninguém

Eu sei que é inutil a busca de uma amor perdido
Passado é passado não volta é melhor entender
Mas fico pensando comigo vai ser diferente
Um dia pra mim ela volta e eu volto a viver

Por te amar
Vou te lembrar
A vida inteira
sem seu amor eu iria sobreviver


Em algum lugar do passado prendeu minha vida
Tentei libertar-me e viver, juro não consegui
A sua lembrança insiste em ficar do meu lado
Apesar da distância e do tempo jamais te esqueci

Estou bem mais velho em meu rosto se pode notar
As marcas que sua ausencia me proporcionou
Meus cabelos ficaram grisalhos, mudei a aparencia
Perdi a corrida no tempo e você quem ganhou

Por te amar
Vou te lembrar
A vida inteira
sem seu amor eu iria sobreviver

domingo, 9 de junho de 2013

Alguém já te falou que sem você não há
Felicidade, amor que só você me dá
Não da pra disfarçar todo esse amor em mim
É só você chegar pra eu ficar assim
Acho melhor calar, você vai perceber
Meu jeito de olhar querendo só você
Te quero, te amo, te espero no último verão
Te quero, te amo, te espero no meu coração
Te quero, te amo, te espero no último verão
Te quero, te amo, te espero no meu coração
Alguém já te falou que sem você não há
Felicidade, amor que só você me dá
Não da pra disfarçar todo esse amor em mim
É só você chegar pra eu ficar assim
Te quero, te amo, te espero no último verão
Te quero, te amo, te espero no meu coração
Te quero, te amo, te espero no último verão
Te quero, te amo, te espero no meu coração

Sou humana

Não é fácil pra mim
Ser forte e não chorar
Voce falou assim
Que nunca me deixava
A minha timidez
Com voce superei
Ate uma cançao
Falava de nos dois
Agora voce vem
Dizendo que acabou
Eu sou humana e sem voce
Não sei quem sou
Choro, choro, choro
Sem voce amor
Choro, choro
Porque tudo acabou

Voltando no tempo

Confesso senti vontade de estar com voce
Bateu aquela saudade, queria te ver
Como as coisas marcam nosso viver
Confesso senti vontade de te abraçar
De voltar todo tempo e poder te amar
Aquela canção era eu e voce
Ontem ouvi aquela canção e lembrei de voce
Quanto tempo passou mas ela me lembra voce
Fechei os olhos e viajei no tempo
E procurei te encontrar
Foi tão gostoso aquele momento
Jamais queria acordar
Eu sinto tanta tanta falta desse teu calor
Voce esta jogando fora o resto desse amor
Esquece que no fundo eu vivi so pra voce
Foi um sonho de amor parece nao ter fim
Agora eu sinto que a saudade nao tem dó de mim
Diga logo por favor eu nao aguento mais sofrer
Te desejo de paixão
Volta pra mim
Volta pra mim
Te desejo de paixão volta pra mim

sábado, 8 de junho de 2013

Pequena declaração.

Infelizmente a vida é essa uma ilusão
ilusão de te ter aqui,então vivo,então vivo a sonhar com você dizendo sim.
Te amo tanto que eu não sei mais,como é que eu vou viver em paz,se tudo que eu preciso é respirar teu ar.
PERDOA-ME POR TE AMAR!
Perdoa-me por você ser a minha estrela que mais brilha
É impossível dizer adeus a esse amor,é com você que vou sempre está no meu coação
Vou sentir sempre você aqui perto de mim,guiando meus caminhos e cuidando de mim como um dia foi.
Sempre vou te manter vivo em mim,em minhas lembranças,pois sou uma mulher apaixonada.
Apaixonada por TEU AMOR

Por teu toque,por teus beijos
Pelos teus carinho,teu corpo.
Em fim uma mulher apaixonada que é capaz de amar além da vida o mesmo homem.
E esse homem é VOCÊ PARA SEMPRE.


quinta-feira, 21 de março de 2013

Tudo que já passou.



Olhei para frente tentando buscar respostas mas de nada adiantou, então resolvi olhar para traz,para os reflexos do passado, achei brilho, sorriso, flores perfumadas,vi no espelho do que passou a verdadeira alegria, vi as gotas da chuva molhando minha alma e lavando seus olhos deixando sua face cada vez mais bela, sobre minhas pernas esquecendo do mundo.
Mas der repente tive que voltar desse mundo que um dia foi real, guarda-lo nas lembranças e voltar para o presente cheio de incertezas. Tive que voltar para o que vivo, mesmo gritando que queria permanecer ali, olhando para o filme que ficou gravado em minha mente, mas mesmo assim voltei e agora é tentar nunca mais olhar para traz  por mais que eu queira.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Vale Das Sombras.

    Me perdi por esse vale, chorei,gritei,clamei por socorro, ninguém me ouvi-o.
Sonhei com uma mão que me levantasse desse tormento nada tive como resposta.
Busquei no fundo da minha alma força e calor, mas já era tarde de mais estava congelada por dentro.Deixei a escuridão tomar conta de mim,caminhei sem luz,cai,me feri,sem poder ver o que estava a minha frente.
    Criei minha própria melodia, tentei vencer minhas
batalhas perfurando em espinhos,alimentando-se da dor, ingerindo as lagrimas,sofrimento eterno.
Vale das sombras que me rodeia,rosas espinhosas que exalam em mim seus perfumes  de grande amargura,vestirão meu corpo com suas pétalas negras, ilusão essa acreditar que esse vale tem fim  que essas vestes um dia serão trocadas,que em algum lugar desse bosque tinha uma luz onde eu possa finalmente me ver na minha sombra.
   Nasci na luz me perdi na escuridão, exílio da mente, fim de um coração, o amanhã não existe mais,e o ontem já esqueci, permaneço viva, mas ao mesmo tempo morta e sozinha.